Calendário de Disciplinas

Pós-Graduação Instituto Carlos Chagas



O valor total dos créditos para cada disciplina depende de sua carga horária: 15 horas de atividade teórica ou prática equivalem a 01 (um) crédito.


O rendimento escolar de cada aluno será expresso em conceitos de A a D, de acordo com a seguinte escala:



Corresponde a uma nota entre 9,0 e 10,0 (rendimento excelente)



Corresponde a uma nota entre 7,5 e 8,9 (rendimento bom)



Corresponde a uma nota entre 6,0 e 7,4 (rendimento regular)



Corresponde a uma nota inferior a 6,0 (rendimento insuficiente)

Disciplinas Obrigatórias

As disciplinas obrigatórias do Programa de Pós-Graduação visam integrar o aluno em atividades científicas com a presença de pesquisadores externos ao ICC, estimulando a discussão científica e a visão crítica dos estudantes sobre os trabalhos desenvolvidos no Instituto. Adicionalmente, pretende-se também fornecer treinamento em docência e orientar sobre os diferentes riscos aos quais os alunos estão expostos, bem como evitá-los.

Objetiva estimular a discussão de resultados e projetos com a presença de pesquisadores convidados, geralmente, externos ao ICC/Fiocruz. A programação dos seminários será divulgada mensalmente.

Vivência teórico-prática em curso de nivelamento para alunos de Iniciação Científica e/ou curso de férias, com a finalidade de realizar o estágio docência exigido pela Capes.

As Jornadas Acadêmicas do ICC/Fiocruz apresentam os resultados do projetos e proporcionam a discussão com os demais pesquisadores e alunos. As Jornadas servem como critério de qualificação dos estudantes para posterior defesa da dissertação e/ou tese.

Conceitos básicos de biossegurança; Classificação de riscos de agentes biológicos e níveis de segurança laboratorial; Segurança química; Equipamentos de proteção individual e coletiva; Boas práticas de laboratório, Legislação Brasileira em Biossegurança.

Disciplina

Data

Horário

Ementa

Pré requisito

Docentes

Popularização da Ciência e Extensão

19/03 a 23/03

9 as 12h

A disciplina de Popularização da Ciência e Extensão tem como objetivo principal estimular os discentes a desenvolverem habilidades e atividades de difusão do conhecimento científico para públicos não especializados, interagindo e transformando a realidade social. Para isso, diferentes temas serão abordados como: História e importância da Divulgação Científica, Assessoria de Comunicação e a transposição da linguagem científica (treinamento de mídia), Design na ciência (desenvolvimento de habilidades para elaboração de material de impacto) e Atividades de Extensão do ICC (desenvolvimento de habilidades para integração com a sociedade).
15h (1 Crédito)

Sem

Patrícia Shigunov (FIOCRUZ)
Paula Renata Fontoura (FIOCRUZ)
Wagner Nagib (FIOCRUZ)

Análise estrutural de proteínas

26 a 29/03

8:30 a 17h

Conceitos básicos de biossegurança; Classificação de riscos de agentes biológicos e níveis de segurança laboratorial; Segurança química; Equipamentos de proteção individual e coletiva; Primeiros socorros; Legislação Brasileira em Biossegurança.

30h (2 créditos)

Trazer “Lap top” para aulas.

Tatiana A.C.B. de Souza

Citometria de Fluxo

09 a 13/04

8 as 17h

Curso teórico-prático em citometria de fluxo, abordando fundamentos e aplicações da citometria de fluxo; fundamentos físicos do aparelho; análise de dados; protocolos de marcação por anticorpos, marcação intra e extra-celular; treinamento em aquisição de amostras; compensação; purificação celular (sorting).

 

 

 

 

40h ( 2 créditos)
10 vagas

Carta de intenção do aluno justificando o uso de citometria de fluxo no projeto de pós-graduação. Esta carta será utilizada no processo seletivo no caso do número de inscritos ser maior do que o número de vagas.

Alessandra Melo de Aguiar
Priscila Hiraiwa
Rodrigo Netto
Marco Stimamiglio
Rafael Luiz Kessler
Andrea Koishi
Bruna Marcon
Letusa Albrecht

Biossegurança em Laboratórios de Pesquisa

23 a 27/04

9 as 17h

Conceitos básicos de biossegurança; Classificação de riscos de agentes biológicos e níveis de segurança laboratorial; Segurança química; Gerenciamento de resíduos; Equipamentos de proteção individual e coletiva; Primeiros socorros; Legislação Brasileira em Biossegurança.
30 h (2 créditos)

Sem

Augusto Ramos

Bases da Experimentação Animal

9 as 16:30h

07 a 11/05

A disciplina abordará desde a legislação vigente no Brasil para a prática de produção e experimentação animal, aspectos de bioética, como a base de anatomia e comportamento animal. Serão abordados diferentes métodos de experimentação animal: Manuseio, Anestesia, Sedação, Vias de inoculação, Eutanásia, Coleta de material biológico. Além disso, serão discutidos métodos alternativos à experimentação animal.

30 h ( 2 créditos)

Aceita alunos externos: Alunos externos serão aceitos após análise de carta de intenção. Também serão aceitos servidores públicos, bolsistas e terceirizados que necessitam trabalhar nas dependências do Laboratório de Experimentação Animal do ICC/Fiocruz-PR.

Pryscilla Fanini Wowk
Letusa Albrecht - ICC/Fiocruz-PR, Giovanny Mazzarotto - ICC/Fiocruz-PR

Bioinformática

8 as 17h

14 a 25/05

Conceito de Bioinformática. Aplicações básicas de métodos bioinformáticos: comparação e alinhamento de sequencias, predição de motivos, banco de dados ômicos, obtenção de dados em bancos de dados online, noções básicas de programação usando a linguagem PERL como meio
80h (5 créditos)

Sem

Christian Macagnan Probst

Seminários

Quarta!

11:00

Seminários convidados externos
1 crédito

Sem

Fabiola Holetz

Filosofando sobre a Ciência

9 as 16hs

30/04
28/05
29/06
27/07
31/08
28/09
26/10
30/11

Na disciplina, Filosofando Sobre a Ciência, buscaremos conhecer a evolução do pensamento, partindo dos fundamentos filosóficos, até culminar na ciência atual. Para tanto, abordaremos o trabalho de alguns dos autores que, em maior ou menor grau, influenciaram esta evolução do pensamento filosófico ocidental, chegando no que conhecemos hoje como prática científica. Os principais autores, bem como sua linha mestra, são abaixo listados. Estes foram selecionados por terem desenvolvido, ou mesmo compilado, novas formas de abordar problemas que são comuns à humanidade.
Nesta disciplina propomos uma nova forma didática, onde a participação ativa dos discentes é fundamental. Esta forma de trabalho vai consistir em duas etapas. Na primeira, o docente irá apresentar as linhas gerais do pensamento e trabalho de um determinado pensador/período. Para tanto, buscaremos lançar mão de exemplos lúdicos (cinema, pintura, música, etc) que possam ter sido influenciados, ou que façam referência, à determinado autor/tema. Na segunda etapa, no próximo encontro, um grupo de alunos será responsável por representar, com ferramentas semelhantes, um caso da vivencia laboratorial, interpretado pela ótica do autor anteriormente abordado. Os casos estudados serão discutidos com os discentes, e deverão envolver problemas cotidianos da vivência em um Instituto de pesquisa.
Os alunos serão, portanto, avaliados com base em sua capacidade de expressar o pensamento do autor, com clareza e objetividade. O conceito atribuído ao aluno também será composto pela participação destes durante as discussões geradas pelas apresentações dos colegas. Não será empregada nenhum tipo de avaliação escrita.

Sem

Guilherme F. Silveira

TOP