Perspectivas da inovação

terça-feira, 13, novembro , 2018 by

No dia 25 de outubro, o IOC promoveu o primeiro encontro do projeto ‘Diálogos sobre Inovação – discutir o presente pensando o futuro’, iniciativa que busca incentivar o debate sobre a temática, em sintonia com as diretrizes do Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação e da Política de Inovação da Fiocruz. O pesquisador do ICC Paulo Carvalho foi um dos convidados do evento.

Encontro, que debateu infecções virais transmitidas por mosquitos, homenageou o pesquisador da Fiocruz, Ricardo Galler. Além do homenageado, também participaram como convidados os pesquisadores da Fiocruz Akira Homma, Myrna Bonaldo, Ricardo Lourenço e Claire Kubelka; e nomes como Charles Rice, da Rockefeller University; Raul Andino da University of Califórnia; Judhit Frydman da Stanford University; e Daniel Santos Mansur, da Universidade Federal de Santa Catarina.

No último dia 24 de outubro, o Instituto Carlos Chagas (ICC/ Fiocruz Paraná) esteve representado no Seminário de Competência Informacional em Ciências da Saúde (COINFOCS 2018), realizado no Auditório do Setor de Ciências Sociais da Saúde, do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A vice-diretora de Pesquisa e Inovação, Andrea Ávila, e

Revista ‘Memórias’ é reconhecida por ter publicado o artigo mais citado de 2015 na base de dados do programa SciELO. Estudo abordou a transmissão do Zika no Brasil, e tem como autora a Chefe do Laboratório de Virologia Molecular do ICC, Claudia Nunes Duarte dos Santos.

Os pesquisadores Celina Turchi (Fiocruz Pernambuco), Manoel Barral Netto (VPEIC e UNA-SUS) e Samuel Goldenberg (Fiocruz Paraná) receberam insígnias e diplomas da Ordem Nacional do Mérito Científico em cerimônia realizada na tarde desta quarta-feira, 17 de outubro, no Palácio do Planalto, em Brasília. A pesquisadora Antoniana Krettli (Fiocruz Minas) também foi condecorada.

Fiocruz Paraná atraiu centenas de pessoas na Boca Maldita, no centro da cidade. População pode conhecer a atuação da instituição e interagir com a ciência de uma forma lúdica.

No dia 15 de outubro, o Instituto Carlos Chagas (Fiocruz Paraná) promoveu mais uma edição do Fiocruz na Rua em Curitiba.

Fiocruz Paraná promove evento de divulgação científica na Boca Maldita, no próximo dia 15. Ação integra atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia No próximo dia 15 de outubro, a Fiocruz Paraná promove mais uma edição do Fiocruz na Rua em Curitiba. Parte das atividades da edição 2018 da Semana Nacional de Ciência e

Evento, que reuniu 70 participantes, homenageou o pioneiro na área,  Luiz Travassos  Entre os dias 27 e 29 de setembro, o Instituto Carlos Chagas (ICC/ Fiocruz Paraná) realizou a primeira edição do Simpósio Internacional Mecanismos de Imunopatogênese em Infecção Fúngicas. Cerca de 70 pessoas, entre palestrantes e participantes debateram avanços e desafios numa área fundamental, porém

No dia 24 de setembro, cerca de 150 alunos da Escola Estadual Professora Joana Raksa, no Caximba, tiveram uma manhã cheia de surpresas. Um grupo formado pela pesquisadora e coordenadora de Extensão do Instituto Carlos Chagas (ICC/ Fiocruz Paraná), Patricia Shigunov; pela equipe da Assessoria de Comunicação do ICC – a jornalista Renata Fontoura e o produtor multimídia Wagner Nagib – e pelo responsável pela Biblioteca do Instituto, Manoel Barata, promoveram mais um evento do projeto “Fiocruz na Escola”.

O Instituto Carlos Chagas (ICC/ Fiocruz Paraná) celebra 09 anos de existência nesse mês de agosto. Para marcar a comemoração, foi realizado entre os dias 06 e 07, o credenciamento dos laboratórios do Instituto. A iniciativa inédita suscitou o debate sobre os novos rumos da atuação do ICC, com a avaliação dos laboratórios já existentes, a readequação de alguns deles e a proposta para a formação de novos. Uma equipe de especialistas externos, formada pelo virologista e diretor do Instituto Oswaldo Cruz, José Paulo Leite; pelo coordenador do Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Fiocruz, Carlos Morel; pelo coordenador do Centro de Pesquisa e Inovação em Biodiversidade e Fármacos da FAPESP; e pelo coordena o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Medicina Regenerativa, Antônio Carlos Campos de Carvalho.

TOP